Logo2

natal5.png

Mensagem do Presidente

 

  

Quando em 1876 Clementina e Sebastião Pinto Leite transformaram uma parte da sua casa de férias em Cucujães numa escola para acolher 50 meninas e 50 meninos pobres, cujo ingresso estava, inclusive, condicionado à passagem de atestado de pobreza por parte do pároco da freguesia, estariam longe de imaginar o impacto geracional que a sua obra acabaria por ter na região. Prova disso é o facto de, nos dias de hoje, ser corrente encontrar terceiras e quartas gerações consecutivas de alunos a frequentá-la. Este dado tão simples mas tão marcante traduz bem o impacto que a Fundação Condessa de Penha Longa e o seu Colégio da Gandarinha têm tido junto de muitas famílias que vivem nos concelhos de Oliveira de Azeméis e de S. João da Madeira. Nenhuma outra instituição tem estado tão presente, geração após geração, na formação e na valorização das crianças.       Ao longo dos tempos, a educação profundamente humanista, católica e orientada para os valores da Solidariedade, marcou a personalidade da instituição, a qual tantas pessoas mobilizou, tantas manifestações de caridade revelou, tantas pessoas ajudou.
       Passados 140 anos o espírito inicial mantém-se, o que significa que durante todos estes anos, as diversas pessoas que foram desempenhando a missão idealizada pelos Fundadores, souberam-na interpretar.    Os diversos representantes da família Pinto Leite, as Irmãs de S. Vicente de Paulo e as pessoas de Cucujães que integraram os vários Conselhos de Direcção, têm conseguido levar a cabo a sua missão, transmitindo a todos aqueles que com eles têm trabalhado os seus objectivos. É assim que há cinco gerações, o então Asilo da Gandarinha, hoje Fundação Condessa de Penha Longa, continua a desempenhar a sua missão de educar e formar crianças tal como a fundadora o concebera, mantendo vivo o espírito e a tradição da solidariedade, incutindo a ética nos comportamentos, procurando professores e educadores qualificados, apostando na inovação como factor diferenciador. O site que tem vindo a ser dinamizado permitirá que levemos mais longe aquilo que de muito bom tem sido feito por todos quantos aqui têm diariamente trabalhado em prol da educação e da formação das crianças.Porém, a responsabilidade de estarmos mais expostos, obriga-nos, em cada dia, a sermos mais cuidadosos e ainda mais ambiciosos.

 

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        Vasco Pinto Leite (Visconde dos Olivaes) 

 

Como Ajudar

Prefaciado por Marcelo Rebelo de Sousa

Aviso ao consumidor